25 organizações brasileiras integram pedido de ação em prol da natureza

Com um alerta de que não haverá negócios em um planeta morto, o documento, que conta com a assinatura de mil empresas globais, foi apresentado durante a COP15 – Conferência de Biodiversidade da ONU, na China.
COP15 (1)

Um acontecimento excepcional marcou a 15ª edição da Conferência das Nações Unidas para a Biodiversidade (COP 15), ocorrida entre os dias 11 e 15 de outubro, na China. O evento recebeu uma carta aberta assinada por mil empresas endereçada aos líderes governamentais, na qual pedem medidas urgentes em prol da biodiversidade nos próximos 10 anos.

O documento intitulado “A Natureza é o Negócio de Todos Nós” pede que se pare com a destruição do planeta e cobra ações efetivas de preservação dos ecossistemas. Entre elas, 25 empresas são brasileiras, destacando-se a Suzano, Natura, Vale e Eletrobras.


Na carta, a coalizão Business for Nature (BfN) em parceria com diversas entidades, ressalta que as metas atuais do Acordo de Paris, para a eliminação do uso de plástico, redução do uso de pesticidas, minimização das emissões de gases que causam o efeito estufa e o combate ao aquecimento global não são mais suficientes para garantir a conservação dos ecossistemas e biodiversidade do planeta.

“A natureza está em um ponto crítico e o tempo está contra nós. A COP da Biodiversidade da ONU é a nossa última e melhor chance de virar a maré”, destacam os empresários em um dos trechos da carta. As empresas alertam que não haverá negócios em um planeta morto. O potencial dessa ação pode ser medido pela receita somada entre os participantes do grupo, que é de U$ 4,7 trilhões. Os empresários informam que estão prontos para trabalhar junto com os formuladores de políticas em todos os países com vistas a frear a perda da natureza.

A íntegra do documento pode ser acessada neste link.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.