100 anos da Semana de Arte Moderna: confira os eventos em São Paulo

A AESabesp, que dará à cidade de São Paulo o Museu Água, relembra esta data tão importante de nossa História e reafirma seu compromisso com todas as manifestações culturais e socioambientais, por um planeta mais sustentável e pela melhoria da qualidade de vida das pessoas.
WhatsApp-Image-2022-02-14-at-17.29.42

A Semana de Arte Moderna de 1922, evento organizado por um grupo de intelectuais e artistas por ocasião do Centenário da Independência, foi um verdadeiro marco na história de São Paulo, considerada um divisor de águas na cultura brasileira.

Este mês, comemoram-se os 100 anos do evento, que foi realizado de 13 a 17 de fevereiro de 1922 no Theatro Municipal de São Paulo, com exposição com cerca de 100 obras, aberta diariamente no saguão do teatro, e sessões noturnas de apresentações de literatura e música, além de contar com a participação dos maiores artistas brasileiros daquela época, como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Menotti Del Picchia, Victor Brecheret, Heitor Villa-Lobos, Graça Aranha e Di Cavalcanti.

A AESabesp, que dará à cidade de São Paulo o Museu Água, relembra esta data tão importante de nossa História e reafirma seu compromisso com todas as manifestações culturais e socioambientais, por um planeta mais sustentável e pela melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Confira algumas atrações da programação do centenário neste mês:

Theatro Municipal de São Paulo: Em homenagem ao evento, até o dia 17 de fevereiro, o teatro terá uma programação especial com shows, saraus, expedições e diversas atividades, com apresentações de Orquestra Sinfônica Municipal, Coral Paulistano, Quarteto de Cordas e o Balé da Cidade.

De 10 a 17 de fevereiro – Avenida São João, 281 – Sé – São Paulo

Programação em https://theatromunicipal.org.br/pt-br/


Palácio dos Bandeirantes: A fachada da sede do Governo de São Paulo receberá uma projeção mapeada – técnica que permite que superfícies irregulares possam ser utilizadas como telas para projeção de conteúdos midiáticos – entre os dias 13 e 17 de fevereiro, quando ocorreram as exposições há 100 anos. As imagens também poderão ser vistas de forma online por meio da plataforma Cultura Em Casa.

De 13 a 17 de fevereiro – Av. Morumbi, 4500 – Morumbi, São Paulo


MIS Experience: A partir de 5 de março, o museu será palco de uma exposição interativa e imersiva sobre Cândido Portinari, que se destacou no movimento modernista brasileiro por volta da década de 30. Com apoio da Sabesp, a exposição “Portinari Para Todos” também contará com um contêiner com informações sobre despoluição de rios e o caminho da água.

A partir de 5 de março – Rua Vladimir Herzog, 75, Água Branca, São Paulo.
Acesse aqui


Pinacoteca: Exposição “Modernismo – destaques do acervo” com 134 obras de artistas modernistas. Dentre essas obras, uma estava presente na exposição histórica da Semana de 1922 que ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo, a pintura Amigos, de Di Cavalcanti (Sala 16).

Até 31 de dezembro – Praça da Luz, 2 – Luz, São Paulo. Acesse aqui.

Fonte: Comunicação Sabesp
Imagem: Anita Malfatti, Paisagem de Santo Amaro


Exposição de Portinari na Avenida Paulista celebrará Semana de Arte Moderna de 1922

Para celebrar a Semana de Arte Moderna de 1922, o colegiado da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) autorizou, na última quarta-feira, 9 de fevereiro, a exposição de 26 peças com as artes de Portinari em postes de iluminação pública localizados no canteiro central da Avenida Paulista, entre a Praça Oswaldo Cruz e a Rua Haddock Lobo. A instalação ficará aberta de 20 de fevereiro a 22 de março, Elas terão dimensões de 1,5m de largura por 2,0m de altura, sem inserção de logos ou marcas dos realizadores ou patrocinadores.

Além da Avenida Paulista, a CPPU, considerada guardiã da Lei Cidade Limpa, aprovou a adesivação dos vidros traseiros de 80 ônibus do sistema público de transporte municipal com artes de Portinari. Outros 200 coletivos intermunicipais administrados pela EMTU também participarão da iniciativa. A ação deve começar na segunda quinzena de fevereiro e tem prazo de duração indeterminado.

As intervenções urbanas propostas são de responsabilidade do Museu da Imagem e do Som (MIS), do Governo do Estado de São Paulo. Elas fazem parte da exposição denominada “Portinari para Todos”, a ser realizada no próprio museu e que integra o calendário oficial de comemorações dos 100 anos da Semana de 1922.

Sem qualquer tipo de publicidade, as duas exposições temporárias foram consideradas pela CPPU de caráter predominantemente cultural e, portanto, de acordo com a Lei Cidade Limpa (Lei nº 14.223/2006).

Fonte: Prefeitura de SP

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.