Dia Mundial da Água: confira atividades culturais e de lazer para conhecer e refletir sobre temas do meio ambiente

Sala de Exposição Origem e Propósitos indaiatuba (1)

22 de março é o Dia Mundial da Água. Neste ano, em Dakar, no Senegal, desta segunda, 21, até 26 de março, será realizado o 9º Fórum Mundial da Água.

As reflexões sobre o tema água também estão em diversas atividades culturais e de lazer, como filmes em plataformas de streaming, exposições e visitas guiadas, além do nosso podcast Saneamento em Foco, em que especialistas abordam temas variados deste universo.

A Saneas Online separou algumas delas para você mergulhar no tema. Confira e aproveite!

Podcast Saneamento em Foco  

Disponível das principais plataformas de áudio com=o Spotify, Deezer, Apple Podcasts e Google Podcasts ou ouça em nosso site: acesse aqui.

Carreta Somos Água – Gratuito

De 5 a 31 de março de 2022

Horário: Das 8h às 17h

Local: Ciclovia Rio Pinheiros – entre o Café da Margem e Elevatória Pomar (altura da Estação Vila Olímpia CPTM)

Faixa etária: a partir de 5 anos

Acesso com bicicleta:
– Diretamente pelo Bicicletário Vila Olimpia CPTM (saiba mais)
– Por outros acessos da ciclovia, ir até o ponto entre Café da Margem e Estação Elevatória de Esgotos POMAR (saiba mais)

Acesso de grupos a pé

Somente pela passarela do Bicicletário Vila Olimpia CPTM

Sem bicicleta é necessário enviar lista com nomes com antecedência para que seja autorizada a entrada no local)

Informações e agendamento com Roberta Amaral: WhatsApp+55 11 95033-7606

E-mail: roberta@grapemkt.com.br

Resumo: O programa consiste em uma plataforma móvel de educação, ciência e cidadania instalada numa carreta de 16 metros de comprimento. O objetivo é proporcionar ao público uma imersão no universo das águas, incluindo um passeio em realidade virtual pelo Rio Pinheiros, um cinema digital 270° sobre a jornada da água e games interativos. O visitante tem a oportunidade, por exemplo, de conhecer a jornada da água, uma apresentação que mostra todo o ciclo da água na natureza, desde a chuva que cai nos mananciais e a captação para tratamento e consumo.

Exposição: Portinari Para Todos

Onde: MIS Experience, Rua Vladimir Herzog, 75 – Água Branca – São Paulo/SP

Data: Até 10 de julho de 2022

Horário: terça a sexta-feira e domingo, das 10h às 17h; sábados e feriados, das 10h às 18h.

Ingressos: terças-feiras | gratuito

quartas a sextas-feiras | R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

sábados, domingos e feriados | R$ 45 (inteira) e R$ 22,50 (meia)

Informações: www.mis-sp.org.br

Revisitando a obra de um dos grandes ícones da arte do século 20 de uma forma inédita, a mostra “Portinari Para Todos”, que integra as comemorações do centenário da Semana de Arte Moderna, é dividida em três áreas expositivas. A primeira traz sete instalações interativas para que o público conheça mais da vida e do legado do artista. Na sequência, o visitante ingressa na sala Portinari Imenso, que possibilita a imersão nas obras, em escala monumental, de forma contemplativa e envolvente. O terceiro espaço contextualiza o acervo de Portinari e sua ligação com a cultura e história do país, reiterando a importância da preservação da memória do artista. Outro ponto de destaque é um mural do artista plástico Eduardo Kobra, de 38 metros de extensão por 5 metros de altura, em homenagem a Portinari. Com curadoria de Marcello Dantas, a exposição permite às novas gerações se envolverem com a potência, a diversidade e singularidade da obra de Portinari.

Exposição: “Amazônia”, do fotógrafo Sebastião Salgado

Onde: Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93, Pompeia – São Paulo.
Data: de 15 de fevereiro a 10 de julho de 2022 – de terça a sábado, das 10h às 21h; domingos e feriados, das 10h às 18hGrátis. Livre
Curadoria e cenografia: Lélia Wanick Salgado

A exposição do fotógrafo, mundialmente famoso por suas exposições que alertam para questões sociais e ambientais com mais de 40 fotos consagradas, já passou por Paris, Roma e Londres. São cerca de 200 fotos e está aberta para visitação até 10 de julho.

Idealizada pela curadora Lélia Wanick Salgado, a mostra traz o resultado de sete anos de imersões fotográficas do artista na Amazônia. As imagens foram feitas por terra, água e ar e revelam a floresta, os rios, as montanhas e a vida da população local. A exposição imersiva é um mergulho no coração da Amazônia e um convite para ver, ouvir e refletir sobre o futuro da biodiversidade e a urgente necessidade de proteger os povos indígenas e preservar o ecossistema imprescindível para o planeta.

Além das fotografias, a mostra exibe sete vídeos com testemunhos de lideranças indígenas sobre a importância da Amazônia e os problemas enfrentados hoje em sua sobrevivência na floresta.

Acesse a página da exposição no Portal do Sesc

Visite o perfil da exposição Amazônia no Instagram e fique por dentro das novidades da mostra

Fontes: Sescsp e Jornal da Band

Créditos da imagem: Parque Nacional de Anavilhanas. Estado do Amazonas, 2009. ©️ Sebastião Salgado

Espaço Sabesp – O Caminho das Águas dentro do MIS

Trata-se de um espaço educativo sobre o ciclo da água, montado a partir de plástico reciclado. A visitação do espaço é gratuita a todas as pessoas que visitarem a exposição no MIS. No local há um totem com água potável para que as pessoas possam recarregar seus próprios recipientes. 

Estação Socioambiental (ESA) Zavuvus

Praça Camafeu (altura do número 790). Canteiro central Córrego Zavuvus – Em frente à estação de Metrô Jurubatuba e ao Shopping SP Market

Horário de atendimento: terça a sábado, das 10h às 16h

Agendamento: visitas não precisam ser agendadas

Inaugurada em outubro de 2020, a estação é parte do trabalho socioambiental realizado pela Sabesp e suas empresas contratadas no Programa Novo Rio Pinheiros, que visa despoluir o rio até o final de 2022. Por meio de tecnologia, games interativos e exposição física (Museu do Lixo), busca conscientizar e ensinar a população sobre a história do Rio Pinheiros, um ícone da cidade de São Paulo, engajando todos nas ações no programa.  Os visitantes conhecem um pouco mais da história do rio, os impactos da poluição no meio ambiente, destinação correta do lixo, preservação dos córregos, e também se atualiza das benfeitorias já realizadas no entorno do Córrego Zavuvus, que deságua no Pinheiros. No local, há ainda monitores preparados para esclarecer também dúvidas sobre os serviços da Sabesp, como onde obter a segunda via da fatura nos totens de autoatendimento, entre outros.

Trilha na margem do Rio Pinheiros para observação da fauna e flora

Organização: Instituto Trilhas e do Laboratório Rio Pinheiros

Passeio pelas margens do Rio Pinheiros com reconhecimento da natureza local. Grandes árvores de pau-brasil, garças e palmeiras juçara fazem parte da paisagem. Guiada por gestores ambientais, programação conta sobre as espécies, o rio e outras informações importantes para valorizar e preservar a área. Trajeto: A trilha inicia-se na Nossa Praça Ponte Laguna (Avenida professor Alceu Maynard Araújo – Vila Cruzeiro) e segue pelo Parque Bruno Covas, também chamado de Parque Novo Rio Pinheiros, terminando no Terminal Santo Amaro.

Duração da trilha: 2 horas.

Número de participantes por trilha: 30 pessoas.

Número de educadores: 2.

Grupos aos finais de semana: gratuito – sujeito a disponibilidade (inscrições aqui)

Para grupos fechados – valor e data devem ser combinados diretamente com o instituto

Contato pelo e-mail: michele.toledo@institutotrilhas.org.br ou telefone / WhatsApp  +55 11 99381-4888

Filmes

Mad Max – Estrada da Fúria 

Sinopse: Em um mundo pós-apocalíptico, Max Rockatansky acredita que a melhor forma de sobreviver é não depender de ninguém. Porém, após ser capturado pelo tirano Immortan Joe e seus rebeldes, Max se vê no meio de uma guerra mortal iniciada pela Imperatriz Furiosa, que tenta salvar um grupo de garotas. Também tentando fugir, Max aceita ajudá-la. Neste mundo pós-apocalíptico, tribos humanas lutam por recursos naturais de forma agressiva, inclusive por água. 
Onde assistir: Prime Video 

Saneamento Básico – O Filme 

Sinopse: Moradores batalham para conseguir tratamento de esgoto na pequena vila onde vivem, e descobrem que não há verbas para solucionar o problema.
Onde assistir: Globoplay 

WALL-E 

Sinopse: Após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que o retiro durasse alguns poucos anos, com robôs sendo deixados para limpar o planeta. WALL-E é o último destes robôs, e sua vida consiste em compactar o lixo existente no planeta. Até que um dia surge repentinamente uma nave, que traz um novo e moderno robô: Eva. A princípio curioso, WALL-E se apaixona e resolve segui-la por toda a galáxia.

Onde assistir: Disney+ 

A Qualquer Preço 

Sinopse: Jan Schlichtmann é um advogado tenaz, cuja feroz determinação enreda-o em um caso que ameaça destruí-lo. Ele se empenha em uma campanha a favor de famílias em Massachusetts que perderam seus filhos por causa de poluição tóxica na água que servia a comunidade. Baseado em uma história verdadeira. 

Onde assistir: Prime Video 

007 – Quantum of Solace 

Sinopse: Após a morte de Vesper Lynd, James Bond faz com que sua próxima missão seja pessoal. A caçada àqueles envolvidos na morte da mulher de sua vida o leva ao encontro do cruel empresário Dominic Greene, que faz parte da organização que coagiu Vesper. Bond descobre que Greene planeja obter o controle total de um recurso natural vital (a água) e deve enfrentar perigo e traição para frustrar o plano. 

Onde assistir: Prime Video 

Documentários 

A Lei da Água – Novo Código Florestal 

Sinopse: O filme esclarece as mudanças promovidas pelo novo Código Florestal e a polêmica sobre a sua elaboração, mostrando os impactos da lei sobre a floresta e, por sua vez, sobre a água, o ar, o solo, a produção de alimentos e a vida de cada cidadão. 

Onde assistir: Prime Video 

Oceanos de Plástico 

Sinopse: Quando ele descobre que os oceanos do planeta estão repletos de plástico, um documentarista investiga os impactos da poluição ambiental. 

Onde assistir: Netflix 

Brave Blue World – A Crise Hídrica 

Sinopse: O documentário Brave Blue World explora as empolgantes novas tecnologias e inovações que possuem o potencial de resolver a crise mundial da água. 

Onde assistir: Netflix 

Ser Tão Velho Cerrado 

Sinopse: O Cerrado sofre com desmatamentos recordes levando um ecossistema inteiro à extinção. Preocupados, alguns moradores da Chapada dos Veadeiros decidem se unir para defender a natureza. A elaboração de um plano de manejo os desafia a conciliar interesses aparentemente incompatíveis, abrindo um diálogo necessário entre a comunidade científica, agricultores familiares, grandes proprietários de terra e defensores do meio ambiente.

Onde assistir: YouTube 

Mission Blue 

Sinopse: Este documentário retrata a campanha da oceanógrafa Sylvia Earle para salvar os oceanos do mundo de várias ameaças, como a pesca abusiva e os resíduos tóxicos. 

Onde assistir: Netflix 

Exposições 

Espaço das Águas 

Onde: Museu da Energia – São Paulo, Itu e Salesópolis

Detalhes: Para a realização de algumas das atividades do projeto, a Instituição, que gerencia o Museu da Energia e sua rede (com unidades em São Paulo, Itu e Salesópolis), inaugurou salas expositivas do Espaço das Águas nas unidades museológicas da Rede. 

SALA EA ITU – A primeira unidade a receber uma sala foi o Museu da Energia de Itu. O Espaço foi inaugurado com a abertura da exposição “Guarapiranga, uma represa centenária”, que apresenta a retrospectiva histórica de um dos mais importantes reservatórios de água de São Paulo. Atualmente, o espaço abriga a exposição “Fontes e Chafarizes”, que explora a história do abastecimento de água em Itu. 

SALA EA SALESÓPOLIS – Após a inauguração do Espaço das Águas em Itu, o próximo local que recebeu a ação foi o Museu da Energia de Salesópolis. A iniciativa foi lançada com a abertura de uma exposição fotográfica que homenageia o rio Tietê. As imagens da mostra foram escolhidas por meio do concurso de fotografia “Fatos e fotos do rio Tietê”, que integrou uma série de atividades em comemoração aos 100 anos da Usina de Salesópolis, primeira hidrelétrica instalada no rio Tietê. 

SALA EA SÃO PAULO – No andar superior do Museu da Energia, o destaque fica por conta do “Espaço das Águas”, ambiente que aborda tanto a história da relação da cidade de São Paulo com suas águas como o caminho que esta percorre, dos reservatórios até a torneira, além de questões atuais sobre a necessidade do uso consciente dos recursos hídricos.  

Sala de Exposição Origem e Propósitos 

Onde: Museu da Água: Rua do Museu, 205 – Bairro Tombadouro, CEP: 13.338-790 – Indaiatuba – SP.

Detalhes: Um circuito expositivo sensorial e interativo que conduz o público através de uma viagem que começa na origem do universo e chega no presente momento do planeta, mostrando a importância de mudanças em nosso modo de viver neste planeta através da conscientização e práticas de consumo consciente.
A visita tem início na Nave Estelar H2O Galáctica com a recepção da Capitã Vida, que convida os visitantes para uma viagem, através da realidade virtual para conhecer e vivenciar a história da origem e evolução do universo, uma extraordinária aventura com a formação de galáxias, planetas e o início da vida. 

Em seguida o público vai assistir ao emocionante filme “Nossa Casa”, um passeio pelas belezas naturais do planeta, que tem como foco a responsabilidade da preservação ambiental e a importância do respeito à vida, finalizando com a rica diversidade humana. 

Ao final desta jornada o público encontra uma mesa Interativa intitulada “Soluções” onde a experiência de atuar de maneira lúdica e tecnológica, corrigindo ações humanas e salvando a natureza ao mesmo tempo poderá ser vivenciada. 

A Água na Palavra da Mulher 

Onde: Universidade Mogi das Cruzes (SP) 

Detalhes:  

A Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo está promovendo uma exposição itinerante, com objetos produzidos em oficinas de arte e de educação ambiental, utilizando unicamente material reciclado, além de fotografias e cartazes, mostrando a visão feminina em relação aos recursos hídricos. 

Trata-se de uma exposição itinerante, que ficará nos dias 22, 23 e 24 de março na Universidade Mogi das Cruzes, na Avenida Xavier de Almeida Souza, 200, em Mogi das Cruzes, no mesmo horário. 

A mostra faz parte do projeto ‘A Água na Palavra da Mulher’, da Secretaria do Meio Ambiente para desenvolver a consciência ambiental da população, abordando a questão dos recursos hídricos na Região Metropolitana de São Paulo, incentivando a preservação do meio ambiente e o uso racional da água. 

O projeto é coordenado pelo Departamento de Educação Ambiental, da Coordenadoria de Planejamento Estratégico e Educação Ambiental. 

Do Caos ao Cosmo 

Onde: Águas de Lindoia – Balneário Municipal 

Detalhes

A exposição “Do Caos ao Cosmo” é da artista plástica Maria Luiza Canela, doutora em poéticas interdisciplinares pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A mostra traz painéis suspensos sobre o tema e permanece aberta à visitação pública até o dia 3 de abril. 

Água de beber 

Onde: Fórum da Cultura de Juiz de Fora (MG), na Rua Santo Antônio 1.112, no Centro da cidade.  

Detalhes

Com a aproximação do Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, e a importância da reflexão sobre a relação do ser humano com esse recurso natural indispensável à vida no planeta, o Museu de Cultura Popular da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), instalado no Forum da Cultura, apresenta sua nova exposição “Água de beber”. 

A mostra expõe utensílios como bilhas, moringas, jarros, botijas, cálices e cantil, peças pertencentes ao acervo do Museu, que narram histórias, costumes e tradições populares. As obras expostas possuem como matérias-primas a cerâmica e a porcelana, conhecidas pela capacidade de preservarem a água em seu interior sempre fresca. As peças são oriundas de diferentes locais do Brasil, dentre eles, Turmalina, Monte Sião e Teófilo (MG), Vale do Paraíba e Cunha (SP) e Guarapari (ES), além de uma obra originária de Portugal.  

A mostra permanece em cartaz até 1º de abril, estando aberta para visitação de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h. As visitações são gratuitas e abertas ao público em geral, sendo necessária a apresentação do cartão de vacinação em dia e o uso de máscara no local. A mostra terá também repercussões nos perfis do Fórum da Cultura no Instagram e no Facebook. 

EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL – PORTUGAL 

Água – Uma exposição sem filtro 

Onde: Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva. Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva Largo José Mariano Gago, nº1 Parque das Nações 1990-073 Lisboa, Portugal. Conteúdo disponível gratuitamente também no YouTube: acesse aqui

Detalhes: Abrir a torneira e ter água potável é um gesto banal. Mas para mais de dois mil milhões de pessoas em todo o mundo é apenas um desejo impossível. É urgente torná-lo realidade! 

ÁGUA – uma exposição sem filtro dá voz ao direito básico a água potável com a ajuda da ciência, da tecnologia e com o compromisso de todos nós. Num registo positivo, cativante e acima de tudo consciente, convida-nos a experimentar e a descobrir as múltiplas facetas da disponibilidade e uso deste bem essencial. Produzida pelo Pavilhão do Conhecimento, esta exposição surge no contexto da Década Internacional para a Ação – Água para o Desenvolvimento Sustentável e enquadra-se no Objetivo 6 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável: água e saneamento para todos até 2030. 

O futuro com água depende de cada um de nós! 

Clique aqui e confira a programação

Compartilhe
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.