Geração de resíduos domiciliares urbanos cresce 10% no Brasil durante a pandemia, segundo Abrelpe

Levantamento aponta que a reciclagem desses materiais não seguiu o mesmo ritmo.
Residuos

Um levantamento da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) mostra que em 2020 houve um aumento médio de 10% na geração de resíduos residenciais e de limpeza urbana no país, em relação ao ano anterior.

Dois fatores foram determinantes para o aumento, de acordo com a pesquisa: o sistema de trabalho em home office, adotado por muitas empresas no país, e as compras online, principalmente com os serviços de delivery de alimentos, uma vez que a ida ao restaurante foi trocada pelo pedido de comida, para quem passou a trabalhar em casa. 

O estudo aponta uma mudança no tipo de resíduo descartado com o aumento de 25% em materiais recicláveis devido às compras efetuadas pela internet, que necessitam de embalagens específicas para o envio dos produtos. Porém, a reciclagem desses materiais não seguiu o mesmo ritmo do seu descarte, devido ao impacto sofrido também pelas unidades de reciclagem que ficaram paradas por um período durante a pandemia de covid-19.

Fonte: Um Só Planeta  

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.