Mês da Mulher: AESabesp destaca participação feminina no saneamento ambiental

Associação é exemplo de diversidade e já teve três mulheres na presidência. E para celebrar março, além da campanha ‘Mulher AESabesp: Juntas pelo Saneamento’, tem o podcast Saneamento em Foco com uma série especial destacando a presença delas no setor.
InShot_20220307_174635284

Neste mês de março, a Associação dos Engenheiros da Sabesp – AESabesp destaca a participação feminina no setor de saneamento e meio ambiente. A associação é exemplo de diversidade e já teve três mulheres na presidência: Viviana Borges (2019-2021), Eliana Kitahara (2003-2006) e Nercy Bonato (1993–1995).

Além disso, diversas profissionais se destacam como integrantes atuantes na associação. Na AESabesp, o Conselho Fiscal da atual gestão é composto por três mulheres: Marcia de Araújo Barbosa Nunes, Nercy Donini Bonato e Sonia Regina Rodrigues.

Marcia também é Consultora em Engenharia de Saneamento. A profissional atuou como engenheira civil na Sabesp por 27 anos, atualmente está aposentada e oferece consultoria para empresas na área de Saneamento Básico.

“A mulher tende a ter mais empatia com os demais, expressa mais a tolerância, compaixão e deferência, o que traz para o comportamento de time, características mais fraternas. No saneamento, time com equilíbrio de gênero pode ser responsável por projetos mais humanizados, nos aspectos de acolhimento das necessidades daqueles que serão atendidos, bem como na execução, uma vez que se cuida de uma gama de necessidades secundárias, em complementação ao projeto principal”, diz Marcia.

Para a engenheira, na ausência de saneamento, a mulher é a que tem menor condição sanitária, menor oportunidade de aprendizado, menores oportunidades de crescimento, permanência da desigualdade e perpetuação da situação.

“Em projetos de saneamento em comunidades carentes, um time masculino focaria na obra, como um conjunto físico de soluções sanitárias, já a visão feminina além da obra, complementaria também soluções dessas necessidades. Acredito que a mulher compõe, com sua visão e competências próprias, as equipes multidisciplinares mais exitosas, uma vez que sua visão mais ampla das questões e problemas enfrentados, complementa a visão mais centrada dos homens. Na AESabesp, creio que o papel da mulher seja trazer essa visão mais generalista, expansiva e fraterna, e promover maior participação e o reconhecimento do valor do trabalho feminino no setor”, completa.

Por sua vez, Sulamita França Santos se destaca como membro do Conselho Deliberativo da AESabesp. “Desde a criação até a construção das profissões como conhecemos até agora já se passaram centenas de anos e ainda é comum a percepção de que o papel da mulher no saneamento limita-se a gerenciar os recursos hídricos do lar. Ah! Que engano! Há muito o que progredir neste campo que ainda é majoritariamente masculino; por enquanto, diga-se de passagem”, sublinha.

Sulamita considera que o “toque feminino” no saneamento do Brasil está cada vez mais visível. “Somos muitas. Somos engenheiras, arquitetas, projetistas, biólogas, químicas, gestoras, advogadas e tantas outras que compõem este mercado”, menciona.

“Nossas lutas por reconhecimento nos colocaram no papel de protagonistas quando o assunto é saneamento. Atividades que sempre foram exercidas apenas por homens passaram a ser atribuídas a mulheres de valor. Somos mulheres sanitaristas. Estamos à frente de grandes projetos e continuamos evoluindo junto com nossas carreiras”, frisa.

No Conselho Deliberativo da Associação também está Patricia Taliberti, que ressalta a importância das mulheres no setor.

“Nós mulheres do saneamento conseguimos unir a razão e o coração. A razão através dos nossos conhecimentos, dos nossos serviços e do nosso coração através da sensibilidade e doação quando nos deparamos com o cenário do saneamento no Brasil e no mundo. Esta balança nos equilibra nos dando força na crença de um Brasil mais desenvolvido com água potável e esgoto coletado para todos”, diz.

Elas no podcast Saneamento em Foco

Para homenagear e valorizar as mulheres do Saneamento e Meio Ambiente, o podcast Saneamento em Foco, da Revista Saneas Online, terá ao longo do mês de março uma série de episódios especiais com as profissionais que se dedicam dia a dia à area.

O primeiro programa traz Viviana Borges, presidente do Conselho Deliberativo; Ester Feche, diretora Socioambiental e Cultural; e Maria Aparecida Silva de Paula, diretora Social. Elas destacam o papel e a importância da presença feminina na Associação e no saneamento e de suas contribuições para o desenvolvimento sustentável do setor. Ouça aqui.

Mulher AESabesp: juntas pelo saneamento

Outra forma de celebrar as profissionais femininas do setor e da entidade, é por meio da Campanha Mulher AESabesp: juntas pelo saneamento.

Para participar, basta enviar sua foto (pode ser uma selfie) ou ao lado de outras colegas de trabalho para campanhas@aesabesp.org.br, com nome completo, empresa e área de atuação ou instituição onde estuda.

Participe! Mostre o seu orgulho de ser uma profissional da AESabesp e do saneamento, que se dedica ao setor, ao meio ambiente e ajuda a construir um mundo mais sustentável.

As imagens serão publicadas em nossas redes sociais durante todo o mês de março.

Compartilhe
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.