Novo relatório do IPCC: ações urgentes precisam ser tomadas para enfrentar os riscos das mudanças climáticas

image1170x530cropped

O mais novo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU, lançado na segunda-feira, 28 de fevereiro, mostra que “o colapso do ecossistema, a extinção de espécies, ondas de calor fatais e enchentes estão entre os perigos inevitáveis” que o mundo enfrentará nos próximos 20 anos devido ao aquecimento global.  

O presidente do IPCC, Hoesung Lee, declarou que o relatório faz um alerta sobre “as consequências da falta de ação”, mostrando como a mudança climática já está afetando bilhões de vidas pelo mundo. Este é o segundo de uma série de três documentos do tipo produzidos pelos cientistas da ONU especializados em clima. 

O relatório foi lançado cerca de 100 dias depois da COP26, quando os líderes mundiais reuniram-se em Glasgow, na Escócia, e concordaram em aumentar as ações para limitar o aquecimento global a 1.5° Celsius e assim, evitar os piores impactos da mudança climática.  

O secretário-geral da ONU declarou que o estudo traz evidências “nunca vistas”, revelando como as pessoas e o planeta estão sendo derrotados pela mudança climática”. 

“O relatório é um atlas do sofrimento humano e uma prova do fracasso da liderança sobre o clima. Quase metade da humanidade está vivendo na zona de perigo e muitos ecossistemas já estão agora num ponto sem retorno”, frisa Hoesung Lee.

Fonte site da ONU

Leia mais aqui https://news.un.org/pt/story/2022/02/1781142

Foto: © WMO/Kompas/Hendra A Setyawan

Compartilhe
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.