SNIS: prazo para municípios enviarem dados sobre saneamento termina nesta segunda (13)

Informações serão usadas para atualização do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) e são pré-requisito para que as cidades tenham acesso a recursos federais para obras de saneamento.
mdr

Foi prorrogado até o dia 13 de junho (segunda-feira) o prazo para que os municípios brasileiros prestem informações para a atualização do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). A informação do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que reforça que a ferramenta é fundamental para o planejamento do saneamento básico no país tanto para as instâncias federais como para estados e municípios.

O SNIS

O Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) é o maior e mais importante sistema de informações do setor de saneamento brasileiro e tem uma base de dados com informações e indicadores sobre a prestação de serviços de água e esgotos, manejo de resíduos sólidos urbanos e drenagem e manejo das águas pluviais urbanas.

O Novo Marco Legal do Saneamento Básico fortaleceu a importância do SNIS. Além da adimplência no fornecimento de informações ao sistema ser condição para acesso a recursos federais, também é preciso comprovar os índices de perdas mínimos, e para isso é necessário que os dados estejam no sistema.

A coleta de dados

Os dados do SNIS são coletados anualmente junto aos municípios e aos prestadores de serviços de saneamento básico, seguindo o cronograma de coleta de cada componente. Os formulários de preenchimento contêm informações de caráter institucional, administrativo, operacional, gerencial, econômico-financeiro, contábil e de qualidade da prestação de serviços e estão disponíveis neste link.Fonte: 

Ministério do Desenvolvimento Regional

Compartilhe
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.