Startups verdes: Prefeitura de SP recebe até 31 de maio inscrições para aceleração e residência

FOTO-DESTAQUE-2

O programa Green Sampa, da Prefeitura de São Paulo, está com inscrições abertas até 31 de maio para a seleção de startups que desenvolvam ou queiram atuar em negócios com foco nas soluções de economia sustentável. A iniciativa é realizada pela Agência São Paulo de Desenvolvimento (Ade Sampa), entidade ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SMDET). Para inscrever sua empresa, acesse aqui.

Serão selecionadas 30 iniciativas, que participarão de um processo de aceleração e residência composto por oficinas qualificativas em gestão de negócios, mentorias individuais e assessorias, com trilhas específicas conforme o estágio de maturidade do negócio. O Geen Sampa, que dura dez meses e é totalmente gratuito, vem para fortalecer este período de retomada econômica, garantindo apoio a empresas, geração de empregos e aumento da competitividade econômica na capital paulista.

“Uma das maiores dificuldades de diversas empresas é conseguir conciliar o desenvolvimento social e econômico sem agredir o meio natural. A aceleração do Green Sampa chega para solucionar esta problemática, com a participação de startups que pensam e desenvolvem maneiras de termos cada vez mais uma economia sustentável. A iniciativa é fundamental para que possamos não só termos práticas mais ambientalmente saudáveis de promover a economia, como também para apoiarmos startups de diversas regiões, com ideias revolucionárias que podem fazer a diferença na nossa cidade”, declara a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso. 

Como participar

Para participar da seleção, as startups devem apresentar soluções em sustentabilidade para as principais problemáticas da cidade com foco em: eficiência energética e indústria limpa, melhoria da qualidade do ar, da água e saneamento; ecoagricultura e segurança alimentar; mobilidade urbana e transporte; parques e áreas verdes; e Clean Web. Todas as ações devem ser voltadas para a cidade de São Paulo.

O processo de aceleração está previsto para acontecer entre agosto de 2022 a julho de 2023. As startups selecionadas serão residentes e terão acesso a um espaço exclusivo com infraestrutura completa para desenvolver e expor produtos e soluções.

Além das oficinas em gestão e modelagem de negócios, de projetos e empreendedorismo, os participantes poderão participar de eventos temáticos nacionais e internacionais; meet ups de mercado; e masterclasses em temáticas como governança corporativa, sustentabilidade, pesquisa e desenvolvimento de tecnologias verdes. O edital com mais informações pode ser acessado pelo site da Ade Sampa.

Hub Green Sampa

O Centro de Inovação Verde Bruno Covas – Hub Green Sampa faz parte do programa Green Sampa e incentiva o desenvolvimento econômico sustentável da cidade de São Paulo. É um espaço de fomento aos negócios sustentáveis, tecnologias verdes e qualificação profissional. Além disso, o local promove encontros que debatem sobre o desenvolvimento sustentável e aproxima a conversa entre a esfera pública e a civil. A iniciativa é operada pela Ade Sampa, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo. O Hub funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e está localizado na Rua Sumidouro, 580, dentro da Praça Victor Civita em Pinheiros.

Green Sampa

Lançado em 2019 pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, o programa busca mapear empresas, startups verdes e stakeholders. Anualmente, oferta chamadas para aceleração e residência de empresas de tecnologias verdes, oferecendo qualificação em temas de gestão por meio de oficinas, mentorias coletivas e individuais, rodadas de negócio e demodays. 

Compartilhe
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Publicidade
Outras notícias

Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Revista Saneas.